Campanha contra as 5 violências

Nossa luta pela paz

1/10/10

Delegado acusado de assédio sexual

Uma escrivã e uma investigadora da Polícia Civil acusam o delegado seccional de Ribeirão Preto, José Henrique Gomes dos Santos, de assédio sexual. Uma delas trabalha na Delegacia Seccional e a outra, no 3º Distrito Policial. Santos assumiu o cargo em maio.

A corregedoria Geral da Polícia Civil informou na noite desta quinta-feira que apura o caso e que as investigações seguem sob sigilo policial.

“Elas contaram que ele começou com conversas bobas, depois passou a mão e tentou beijar uma delas. A outra, ele chegou por trás e tentou dar uma encoxada”, afirmou uma pessoa, que prefere não ter o nome revelado.

Assédio sexual no trabalho não é crime. Simples delito trabalhista. Tais crimes odientos não podem continuar impunes.

Eleito deputado deferal, pelo PMDB de Pernambuco, vou criminalizar o assédio sexual e o assédio moral no trabalho. Os empresários e banqueiros são contra. Que sejam.

Temos que colocar esses nojentos no lugar certo. Na cadeia.

criado por baiardodeandradelima    05:48:07 — Arquivado em: violência, violência contra a mulher, violência sexual — Tags:

28/9/10

Crime sexual ou tráfico de órgãos

Crime sexual e sequestro para tráfico de órgãos, sem descartar a possibilidade de que ela esteja viva. Estas são as linhas de investigação trilhadas pela Polícia Civil de Santa Catarina para esclarecer o desaparecimento da adolescente Andressa Holz, 12 anos.

A menina desapareceu há três meses, quando retornava da aula de catequese em Luzerna, Meio-Oeste de Santa Catarina.

– Pelas informações que conseguimos nos últimos dias, acreditamos que há fortes indícios de se tratar de um crime sexual ou de um sequestro para tráfico de órgãos. Esse é o atual foco da investigação – afirmou o delegado Maurício Pretto, de Joaçaba, responsável pelo inquérito policial.

Nos últimos dias, os policiais concluíram a investigação da vida de todas as pessoas ligadas direta ou indiretamente à garota desaparecida. Aos resultados desse trabalho, os policiais juntaram informações obtidas no cruzamento de dados conseguidos em depoimentos de vizinhos.

No dia do desaparecimento, lembra a professora de catequese Eliene Bender, havia 14 adolescentes na aula. A única coisa fora da normalidade foi o término da aula ter sido antecipado em 15 minutos, por ser um período dos jogos da Copa do Mundo.

Protestos aumentam para que caso ganhe reforço

Na internet, aumentam os depoimentos de indignação com as autoridades policiais que ainda não deram reforço à investigação. A família de Andressa segue coletando assinaturas num abaixo-assinado endereçado à Secretaria de Segurança Pública.

Os pais da adolescente pedem a entrada de policiais da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) na investigação. A SSP informou que essa decisão cabe ao delegado-geral da Polícia Civil em SC, Ademir Serafim, o qual descartou o reforço neste momento. Ele entende que é preciso respeitar o trabalho que está sendo feito pelos policiais locais.

criado por baiardodeandradelima    20:15:41 — Arquivado em: violência, violência sexual — Tags:, , , ,

12/9/10

Filho de rico não estupra

Ensina a fazer sexo

A maioria dos casos de estupro na classe média alta são abafados pela polícia (governador do Estado) e pela justiça (tribunais estaduais).  

Estupros acontecem nos chamados colégios de ricos. Mas não viram notícia. Existe a imprensa ppv. A imprensa contra os pobres, os pretos, os veados. Idem a polícia p.p.v.

Esta classificação p.p.v. é de um consagrado jurista. De Edson Vidigal, que foi presidente do STJ - Superior Tribunal de Justiça. Ele disse existir umajustiça p.p.v.

Veja um exemplo. Em entrevista exclusiva a Paulo Henrique Amorim, a mãe da menina de 13 anos estuprada em Florianópolis (SC) no dia 14 de maio passado, disse que confia na Justiça e que acredita que os culpados serão punidos. Os suspeitos são de famílias poderosas de Santa Catarina. Um é filho de um delegado e o outro é filho de um dos donos da RBS, uma rede de televisão afiliada à Rede Globo. Segundo a mãe, a menina violentada ainda não menstruou. Veja a reconstituição do que aconteceu no apartamento de um dos acusados no dia do crime e saiba quais as perguntas que a polícia ainda não respondeu sobre o caso.

 

criado por baiardodeandradelima    17:14:23 — Arquivado em: violência sexual — Tags:

Qual a diferença entre abuso sexual e exploração sexual?


O abuso é qualquer ato que ofenda a pessoa, extrapolando os limites do desenvolvimento ou exercício autônomo e sadio de sua sexualidade, visando unicamente à satisfação de um desejo sexual próprio do agressor. Ou seja: no abuso sexual o agressor procura unicamente satisfazer seus desejos mediante a violência sexual.

Por sua vez, a exploração é a obtenção de alguma vantagem, financeira ou não, diversa do prazer oriundo da violência. Caracteriza-se por ser uma relação mercantil, em que o agredido é considerado mera mercadoria.

 

criado por baiardodeandradelima    01:26:44 — Arquivado em: exploração sexual, violência sexual — Tags:

11/9/10

O que é exploração sexual no turismo?

A exploração sexual no turismo caracteriza-se pela organização, promoção ou participação em atividades turísticas que envolvam programas sexuais com crianças ou adolescentes. A atividade pode envolver tanto os turistas brasileiros como os estrangeiros. Embora considerado como uma das modalidades de exploração sexual comercial (Instituto Interamericano Del Nino-1998) esta violação de direitos não foi ainda tipificada penalmente no Brasil.

Eleito deputado federal por Pernambuco, irei criar leis duras para penalizar todos os crimes que violentem os direitos das crianças. É inadmissível que o Brasil transforme 250 mil crianças em prostitutas. E que Recife seja considerada a capital da prostituição infantil.

Não podemos mais tolerar essa crueldade. Fazer vista grossa. Pela impunidade dos traficantes e dos pedófilos, somos todos responsáveis - legisladores, justiça, governo, indústria do turismo, sociedade, igrejas. Somos todos cúmplices deste comércio imoral, vil, desonroso, perverso e satânico. 

 

criado por baiardodeandradelima    23:29:24 — Arquivado em: exploração sexual, pedofilia, violência sexual — Tags:

O que é Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes(ESCCA)?

É a utilização de crianças e adolescentes em atividades como a exploração no comércio do sexo, a pornografia infantil ou a exibição em espetáculos sexuais públicos ou privados, inclusive pela internet.

Essa prática se caracteriza por ser uma relação mercantil em que o explorador obtém alguma vantagem (financeira ou não) sobre a criança ou adolescente. Na ESCCA são usados meios coercitivos ou persuasivos e, por vezes, pode surgir a figura de um intermediário, que atua como aliciador.

A ESCCA não se restringe aos casos em que ocorre o ato sexual propriamente dito, mas inclui também qualquer outra forma de relação sexual ou atividade erótica que implique proximidade físico-sexual entre a vítima e o explorador. Nesse tipo de violação, o menino ou a menina explorados passam a ser tratados como um objeto sexual ou mercadoria. Assim, as vítimas ficam sujeitas a diferentes formas de coerção e violência – o que, em muitos casos, implica trabalho forçado e outras formas contemporâneas de escravidão (características mais relacionadas aos casos de tráfico para fins de exploração sexual).

É esse cenário de subjugação que os adultos, mais fortes, exercem sobre seres em desenvolvimento – e, portanto, mais fracos – que torna inadequado o uso do termo "prostituição" para identificar crianças e adolescentes vítimas de exploração sexual. Ou seja, a prostituição depreende uma relação de consentimento entre dois adultos.
 

criado por baiardodeandradelima    22:55:12 — Arquivado em: exploração sexual, pedofilia, violência sexual — Tags:
Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://baiardo1524.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.